Ricardo Oliveira pede desculpas a goleiro por não conhecer nova regra

Após marcar os três gols da vitória do Santos contra o Gama nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, e classificar o time para as oitavas de final da Copa do Brasil, o atacante Ricardo Oliveira deixou o campo falando os dois gols que marcou em cobrança de pênalti.

Além de lembrar a sequência de pênaltis desperdiçados no ano passado, quando até deixou de ser o batedor oficial da equipe, Ricardo Oliveira revelou que pediu desculpas ao goleiro Maringá antes de cobrar o segundo pênalti na partida. Isso porque o camisa 9 reconheceu que não conhecia a nova regra e, por isso, pediu a expulsão do camisa 1 do Gama.

“Ele estava reclamando, pois eu estava pedindo a expulsão dele. Eu não sabia que a regra tinha mudado e pedi desculpas para ele antes de cobrar o pênati. De fato ele não merecia ser expulso. São lances muito rápidos e a gente se equivoca. Pedi desculpas, pois a gente se equivoca. Faz parte”, afirmou Ricardo Oliveira, que falou sobre o fato de espantar o ‘fantasma’ em cobranças de pênaltis.

“Se tem uma coisa que aprendi é entender os momentos. Ano passado tive a infelicidade nas cobranças de pênalti, entendi que era para passar a oportunidade para outro companheiro. Não sou egoísta. Esperei o momento certo. Confiança nunca faltou e hoje marquei dois gols de pênalti, coroando uma noite perfeita”, disse.

Em relação a nova regra, a recomendação é que, em caso de pênalti, não haja a expulsão para não prejudicar tanto o time infrator, que já teria o pênalti contra. No lance desta quarta-feira, o goleiro Maringá derrubou o meia Vitor Bueno e cometeu a infração.

Comentarios

comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *