JESUS , E A ALEGRIA EM TRAZER DE VOLTA O PERDIDO. TEXTO: LC 15

israel5

Vs 1-3 E CHEGAVAM-SE a ele todos os publicanos e pecadores para o ouvir. E os fariseus e os escribas murmuravam, dizendo: Este recebe pecadores, e come com eles. E ele lhes propôs esta parábola, dizendo:

 

No oriente convidar (receber) um homem para uma refeição era uma demonstração de  honra, , confiança, fraternidade e perdão…

 

Mateus  Mt 9:9-139. E Jesus, passando adiante dali, viu assentado na recebedoria um homem, chamado Mateus, e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu. 10. E aconteceu que, estando ele em casa sentado à mesa, chegaram muitos publicanos e pecadores, e sentaram-se juntamente com Jesus e seus discípulos. 11. E os fariseus, vendo isto, disseram aos seus discípulos: Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores? 12. Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes. 13. Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.

 

  • Uma parábola que fala de três perdidos: a ovelha, a dracma e o filho;
  • Três regozijos: do pastor, da mulher e do pai, isso mostra a Trindade trabalhando harmoniosamente na recuperação dos perdidos.

    a)O bom pastor: redime; b) A mulher: restaura; c) O pai:

  • Existe a busca independente do “valor da perda”1%,10%,50%
  • Três tipos de retorno = a) Ovelha = volta nas costas do pastor b) Dracma =   é achada através da limpeza da casa c) Filho =  volta com sua própria iniciativa com as propias pernas.

 

ASSUNTO I O PASTOR E A OVELHA PERDIDA:

 

João 10:11 (ternura divina)

 

1) Jesus usou a imagem figurada do pastor de ovelhas para descrever a si próprio;

 

2) Deus Pai: se revelou para o seu povo como pastor:

 

Sl 80:1 Tu, que és pastor de Israel, dá ouvidos; tu, que guias a José como a um rebanho; tu, que te assentas entre os querubins, resplandece.

 

Sl 100:33. Sabei que o SENHOR é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; somos povo seu e ovelhas do seu pasto.

 

Is 40: 10-11.10. Eis que o Senhor DEUS virá com poder e seu braço dominará por ele; eis que o seu galardão está com ele, e o seu salário diante da sua face. 11. Como pastor apascentará o seu rebanho; entre os seus braços recolherá os cordeirinhos, e os levará no seu regaço; as que amamentam guiará suavemente.

 

NoA.t a idéia de pastoreio dava sustentação à posição de liderança: um rei, sacerdote, profeta era regido pela imagem de pastor. As maiores crises na história de Israel aconteceram quando os líderes deixaram de apascentar (Jr 23:1-4; Ez 34: 1-6)

 

É num contexto bem parecido (Mt 9:36) que Jesus está evocando esta verdade (Jo 10:1-18).

 

Teologicamente:Is 53:6; Hb 13:20; I Pe 2:25

 

CARACTERÍSTICAS:

 

  • A ovelha perdida:Sl 119:176 – mansas, dependentes, vulneráveis, se deixada sozinha tem sérios problemas (Zc 13:7).

    O Aprisco: lugar cercado com uma única entrada… seguranç..

  • O pastor =

Protege (1Sm 17:32-35, Am 3:12 Assim diz o Senhor: Como o pastor livra da boca do leão as duas pernas, ou um pedacinho da orelha, assim serão livrados os filhos de Israel …

Dá a vida pelas ovelhas = Jo 10.11… o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas.lidera,ama, conduz , corrige, cuida, presta conta: Juramento ou provas.Ex 22:10-13 Se alguém der a seu próximo a guardar um jumento, ou boi, ou ovelha, ou outro animal, e este morrer, ou for dilacerado, ou arrebatado, ninguém o vendo,Então haverá juramento do SENHOR entre ambos, de que não pôs a sua mão nos bens do seu próximo; e seu dono o aceitará, e o outro não o restituirá.12. Mas, se de fato lhe tiver sido furtado, pagá-lo-á ao seu dono.Porém se lhe for dilacerado, trá-lo-á em testemunho disso, e não pagará o dilacerado.

 

O pastor busca o bem das ovelhas; O Lobo busca os bens das ovelhas    

 

Aplicação:  Perigos:

 

1) O mercenário: Jo10:12-13;

2) Falsos profetas: Mt 7:15-16

3) O ladrão…

 

II –A MULHER E A MOEDA PERDIDA:(Zelo divino)

 

Falar de uma mulher era contextualizar, pois muitas mulheres acompanhavam o ministério de Jesus e estavam muito mais familiarizadas com a casa do que com ovelhas.

 

MOEDA: objeto inanimado: o homem sem vida espiritual:

 

Ef 2:11. E VOS vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados,

 

 

A CASA E A MULHER: o mundo sem alternativa e luz… a igreja acendendo a candeia para achar o perdido: Mt 5:14; Mt 28:18-20; 25:1-10.

 

  • A moeda perdida:Possivelmente o dote recebido no casamento (Não era o valor monetário e sim sentimental.

    Amulher tinha uma certeza: “ A moeda será achada”…

Aplicação:Acender a candeia, varrer a casa, buscar com diligência…

III –O PAI E O FILHO PERDIDO:(Amor divino)

Dt 21:18-21 o castigo aos filhos desobedientes.  18. Quando alguém tiver um filho contumaz e rebelde, que não obedecer à voz de seu pai e à voz de sua mãe, e, castigando-o eles, lhes não der ouvidos, Então seu pai e sua mãe pegarão nele, e o levarão aos anciãos da sua cidade, e à porta do seu lugar; E dirão aos anciãos da cidade: Este nosso filho é rebelde e contumaz, não dá ouvidos à nossa voz; é um comilão e um beberrão. Então todos os homens da sua cidade o apedrejarão, até que morra; e tirarás o mal do meio de ti, e todo o Israel ouvirá e temerá.

 

AS CARACTERÍSTICAS DO PAI DO FILHO

 

I O CARÁTER DO PAI

 

1= O pai não deixa o pedido do filho abalar as sua estruturas, não se perde em meio as perdas = v. 12 O mais novo disse ao seu pai: ‘Pai, quero a minha parte da herança’.

 

O livre arbítrio:v: 12: “dá-me” – dinheiro, liberdade, prazeres carnais

 

Pv 14:12 Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte.

 

O Filho não tinha motivos para ir embora. Apesar de tudo o que o que tinha (principalmente o amor), ele resolveu sair de casa.  Esta é uma situação traumática para o pai, uma perda irreparável.

2= O pai mantém a paz na sua casa mesmo com o filho distante,  o pai mantém o equilíbrio da casa = v. 13 “Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante;

O filho desistiu do pai, mas o pai nunca desistiu do filho. O pai tinha certeza que o filho voltaria.

3= O pai mantém o amor e a justiça na casa = v.17  E, tornando em si, disse: Quantos jornaleiros de meu pai têm abundância de pão, e eu aqui pereço de fome!

A lembrança do filho era que na casa do seu pai os jornaleiros tinham casa, comida e bom tratamento.

4= O Filho e as conseqüências da sua atitude. Vs 13-19 “Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante; e lá desperdiçou os seus bens vivendo irresponsavelmente. Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade. Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para o seu campo a fim de cuidar de porcos. Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada. “Caindo em si, ele disse: ‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome! Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti.  Não sou mais digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados.

“terra longinqua…esquecimento de Deus”; v: 14-16: “apascentar porcos… humilhação, fome, desprezo”
O Despertamento: v:17 “caindo em si” – a miséria mexeu com a razão do filho pródigo.
5=A expectativa do pai =  v. 20 A seguir, levantou-se e foi para seu pai. “Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e beijou.

 

  1. a) Viu o filho ao longe = O pai olhava pela janela todos os dias … ficava no final da tarde olhando o horizonte esperando a volta do filho.

Poderia ser a parábola do pai que espera

b) Se moveu de intima compaixão = O pai é misericordioso

  1. c) Correu se lançou ao pescoço e o beijou = O pai não tem nenhuma restrição em se lançar e demonstrar o seu

6 = A excelência do pai no retorno do filho = v.22-24 Mas o pai disse aos seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés. Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma festa e comemorar. Pois este meu filho estava morto e voltou à vida; estava perdido e foi achado’. E começaram a festejar.

Os presentes dados ao filho demonstram o nível de excelência do pai

a) Restituição física = roupa
b) Restituição moral = anel
c) Restituição Financeira = festa

7 = A reconciliação do pai na casa = v. 25-32 Enquanto isso, o filho mais velho estava no campo. Quando se aproximou da casa, ouviu a música e a dança.  Então chamou um dos servos e perguntou-lhe o que estava acontecendo. Este lhe respondeu: ‘Seu irmão voltou, e seu pai matou o novilho gordo, porque o recebeu de volta são e salvo’.
“O filho mais velho encheu-se de ira, e não quis entrar. Então seu pai saiu e insistiu com ele.  Mas ele respondeu ao seu pai: ‘Olha! todos esses anos tenho trabalhado como um escravo ao teu serviço e nunca desobedeci às tuas ordens. Mas tu nunca me deste nem um cabrito para eu festejar com os meus amigos. Mas quando volta para casa esse seu filho, que esbanjou os teus bens com as prostitutas, matas o novilho gordo para ele! ’ “Disse o pai: ‘Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu. Mas nós tínhamos que comemorar e alegrar-nos, porque este seu irmão estava morto e voltou à vida, estava perdido e foi achado’.

  • A alegria o incomodou: v:25;
  • Não entrou v:26;
  • Mostrou-se egoísta e sem misericórdia v: 29-30;
  • Mostrou ressentimento; v: 30;
  • Mesmo assim o pai insiste v:31e32 .

    OBS: O texto termina com o filho mais velho fora…  e o pai afirmando: “…era justo alegrarmo-nos e regozijarmo-nos…”

Lições:1)A birra … não muda o conceito do pai …

2)A propriedade e os recursos são do pai e ele faz o que quiser , com quem quiser , na hora que quiser .

Portanto ou entramos e participamos da festa ou ficamos de fora murmurando. 

A parábola dos trabalhadores da vinha  MT 20:1-16.

Justiça, soberania e graça.

 

Comentarios

comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *